quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Crítica: Sorria, Você Está Sendo Filmado! O Filme | Um Filme de Daniel Filho (2014)


Mathias (Bruce Gomlevsky) é um solitário redator de humor que trabalha na Rede Globo de televisão. Por razões desconhecidas ele aciona seu computador e posiciona a webcam diretamente ativada diante dele e se suicida com um tiro fatal na cabeça. O disparo ecoa pelo condomínio, e não demora muito para que o porteiro do prédio, Geneton (Lázaro Ramos), a faxineira Neide (Roberta Rodrigues), o síndico Valdir (Otávio Augusto) e sua esposa Vera (Susana Vieira), cheguem ao apartamento antes de inúmeras outras figuras inusitadas. Enquanto esse pequeno grupo de pessoas tão diferentes aguardam a chegada da polícia e a remoção do corpo, os mais variados assuntos são abordados sem pudor e tudo vai sendo perfeitamente acompanhado pela webcam que continua em pleno funcionamento. “Sorria, Você Está Sendo Filmado! O Filme” (2014) é uma comédia diferente de baixo orçamento (todo bancado com dinheiro de seu realizador) dirigida por Daniel Filho. Baseado num longa-metragem sérvio pouco conhecido chamado “Morte de um Homem nos Bálcãs”, realizado por Miroslav Momcilovic em 2012, o conhecido cineasta Daniel Filho (sujeito carimbado dos corredores da Rede Globo) adapta com as características nacionais tanto a premissa como a própria metodologia de filmagem de sua inspiração, e entrega um filme no mínimo interessante em contraste as inúmeras comédias nacionais que vem dominando o cenário nacional de cinema.

Sorria, Você Está Sendo Filmado! O Filme” é um filme de um único plano-sequência. Pelo menos é o que parece em seu desenvolvimento. Sobretudo, ainda assim houve cerca de 15 cortes imperceptíveis no decorrer de sua duração que se estende por 80 minutos. Após três dias de ensaios, alguns testes necessários em função da diferente narrativa de longos planos que não permitiam erros que pudessem ser contornados numa sala de montagem, rodou o filme em 2 dias entregando um filme de desenvolvimento fluente em sua proposta. Diferente e que pode facilmente desencadear estranheza em alguns espectadores habituados a narrativas convencionais. Mas o filme tem o seu valor: com atuações bacanas de conhecidos nomes de atores globais (com um grande destaque para Otávio Augusto como o síndico alcoólatra), com um desenvolvimento simples, mas distante de ser arrastado, e uma proposta tão nobre quanto audaciosa em termos estéticos, “Sorria, Você Está Sendo Filmado! O Filme” tem corpo e alma de cinema independente feito com afinco. Algo raro considerando as figuras que compõem essa produção. E somente por isso já merece alguma atenção. Além do mais, para minha surpresa já que não aprecio muito os grandes sucessos de bilheteria realizados por Daniel Filho (responsável por “Chico Xavier” e pelos dois “Se Eu Fosse Você), foi em seu menor trabalho, pelo menos em proporção e contornos, que encontrei a minha maior satisfação.

Nota:  7,5/10     
_____________________________________________________________________________

2 comentários:

  1. A premissa é interessante, mas tinha um pé atrás. Eu imaginava uma comédia do estilo Globo Filmes.

    Se tiver oportunidade, irei conferir.

    Abraço

    ResponderExcluir