terça-feira, 3 de setembro de 2013

Crítica: Desconhecido | Um Filme de Jaume Collet-Serra (2011)


Martin Harris (Liam Neeson) viaja para Berlim com sua esposa (January Jones) para uma conferência. Há certo ponto da viagem eles se separam e Martin sofre um acidente de automóvel que o leva a ficar em coma durante quatro dias no hospital. Ao acordar descobre que sua esposa não o reconhece mais, além de saber que há outro homem desconhecido em seu lugar se fazendo passar por ele. Sob um clima de perseguição, Martin encontra na motorista do táxi em que sofreu o acidente, Gina (Diane Kruger) a única chance de provar a todos que não está louco. Caçado por pessoas misteriosas e visto com desconfiança pelas autoridades alemãs, Martin começa a perceber a verdadeira razão para estar na Alemanha. "Desconhecido" (Unkown, 2011) é um thriller de ação acima da média. E muito disso se deve a presença do ator Liam Neeson, que mesmo não sendo mais tão jovem quanto a maioria dos heróis de filmes ação que ultimamente são lançados pelos grandes estúdios, arrepia em cena e convence o espectador ao conceder a seus personagens um desempenho dramático adequado ao vigor físico. O ator corre, bate e apanha sem descanso, e quando o espectador acha que seu personagem não tem fôlego para mais nada, consegue exibir bons diálogos onde somente um grande ator consegue dar credibilidade. A trama é bem amarrada, apesar de um punhado de clichês erguidos sobre o enigma de alguns porquês que são permeados pelo longa-metragem.


Dirigido pelo diretor espanhol Jaume Collet-Serra (responsável por "Casa de Cera", de 2005 e pelo "A Orfã", de 2009), "Desconhecido" segue uma estética sombria como em seus filmes anteriores, embora diferente no gênero. Nesse trabalho, essa produção começa como um intrigante e enigmático suspense, e passa rapidamente para um thriller de ação frenética em uma Berlin brilhante fotografada. As cores do inverno, a arquitetura e a climatização ficaram muito bem sob a câmera de Jaume Collet-Serra, sempre habilidoso e preocupado com a estética acima de tudo. Mas aí vem suas limitações de um diretor obcecado pelo visual: apesar das dificuldades de manter a atenção do espectador após a premissa interessante, sua narrativa consegue uma regularidade positiva no decorrer dos acontecimentos. O suspense diminui no decorrer do desenvolvimento, mas jamais cessa. A ação, com direito a perseguições bem realizadas, fugas improváveis e um típico jogo cinematográfico de gato e rato funciona mesmo sem inovações (remetendo a lembrança de "Busca Implacável", outro sucesso de Liam Neeson). Como o protagonista, todo o elenco de apoio funciona e convence de modo estranho, já que diante de uma trama inverossímil e alguns excessos encenados, o filme balança entre ação e suspense de modo confuso. O grande suspense criado na premissa não se manteve forte o suficiente para ser arrastado até o ponto escolhido, como a carência de uma reviravolta complementar emblemática se fez necessária. Sobretudo, graças a um elenco talentoso, uma realização técnica fluente, e uma condução respeitável, "Desconhecido" se mostra um bom programa de entretenimento.

Nota:  7/10
____________________________________________________________________________




6 comentários:

  1. Não chega a ser espetacular....porém, me agradou bastante.
    Gosto da linha tensa do roteiro.


    abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também gostei. Aquele ar de conspiração incrustado na trama sem saber por quê? Mas como também aprecio muito o trabalho de Liam Neeson, minha opinião chega a ser suspeita. É um bom filme que passou meio batido e que não vejo ser mencionado com frequência. Achei que merecia uma certa atenção...

      abraço

      Excluir
  2. Gosto da tensão e principalmente da atuação de Liam Neeson nesse filme. Para mim o desfecho fui surpreendente, visto que, mesmo com a minha experiência em filmes, não consegui deduzir a verdadeira trama antes que ela se revelasse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O desfecho tem o seu charme, sim! E Liam Neeson tem sido imbatível nesse gênero ao qual "Desconhecido" faz parte.

      obrigado pela visita Andik

      Beijos

      Excluir
  3. A primeira vista esse filme não tinha me chamado atenção, mas lendo sua crítica, ach que vou dar uma chance, pois Liam Neeson é foda. rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dê uma chance e você vai se agradar, sendo que vejo que também gosta do trabalho de Liam Neeson. Em resumo: é no mínimo um bom programa.

      abraço

      Excluir