sexta-feira, 5 de abril de 2013

Last Resort | Um Seriado Escrito por Shawn Ryan e Karl Gajdusek



Contra tudo e contra todos, a minha curiosidade levou-me atrasadamente uma série cancelada. A sua premissa apresentou-se interessante a meu ver, mas consciente de seu término, queria me familiarizar com as causas dessa definição precoce. “Last Resort” (Last Resort, 2012-2013) é uma série de televisão que foi exibida no canal ABC, e após seu cancelamento, ficou resumida a uma temporada de 13 episódios. Em sua história acompanhamos U.S. Colorado, um submarino nuclear que é alvejado por seu próprio país quando desacatou ordens diretas de seu governo. Suas ordens eram atacar com misseis nucleares o Paquistão, porém quando as ordens partiram de um canal secundário sucateado da Guerra Fria e localizado na Antártida, o comando do submarino buscou confirmação direta de Washington descumprindo com o procedimento regulamentado – as ordens de ataque somente partiriam do canal secundário no caso Washington DC estivesse destruída. Improvável aquela altura. O Paquistão foi atacado de qualquer forma com misseis nucleares vindos de outra força militar norte-americana, e o U.S. Colorado inevitavelmente foi declarado inimigo por seus superiores, onde a tripulação acaba buscando refugio na ilha exótica de Sainte Marine até que os fatos sejam esclarecidos. Vivendo na ilha, a tripulação tenta entender os acontecimentos a sua volta, provar sua inocência quanto à traição e retornar para casa novamente.


Em resumo, a cultuada série “Lost” trouxe algo positivo para o público apreciador de séries televisivas, que na época estavam carentes de um objeto de culto depois do fim de “Arquivo X”, quando passou a criar tramas fantásticas num enredo maior e misterioso. Mas algo negativo veio também junto com isso, quando devido à baixa audiência foi encerrada de forma apressada num desfecho improvisado. Culpa da narrativa que não parava de inventar intrigas que não se solucionavam, deixando o espectador cansado de ver material de encher linguiça a cada episódio. “Last Resort” até fechou de certo modo redondo, mas tudo indicava que iria caminhar na mesma direção se fosse prolongada por mais tempo. Logicamente que sua premissa e desenvolvimento a série até era interessante, apesar dos excessivos cortes e transições temporais mal editados, a série tinha clima de suspense e umas tomadas de ação bem realizadas. O elenco cumpria com seu papel de forma funcional, mesmo sem deixar um personagem memorável para culto pós-encerramento. Só que tramas longas já não funcionam mais como antigamente, e principalmente quando está somente presa a uma premissa interessante, que no caso dessa série, seja os mistérios e segredos em volta do governo ao qual são tutelados. Particularmente “Last Resort” é feito um submarino, até boia, mas foi feito pra afundar.

Nota: 10/13=0,76; sendo que há um 1 episódio excelente; 4 bons e 2 interessantes. O resultado dessa equação fica: 0,76 x 6=4,61  
    

Nenhum comentário:

Postar um comentário